Fundação alerta produtores sobre 'Soja Louca' em Mato Grosso do Sul - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Fundação alerta produtores sobre 'Soja Louca' em Mato Grosso do Sul

Primeiro caso da doença foi identificado no ano passado, no Estado

Publicado em: 19/07/2016 às 09h23

- correiodoestado

Doença faz folhas enrugar, forma bolhas e provoca outros danos - Foto: Divulgação

Produtores estão sendo orientados sobre a ''Soja Loca'', tipo de doença grave que pode destruir plantações e causar grandes prejuízos na agricultura do Mato Grosso do Sul.

 

De acordo com o site Sul News, alerta foi emitida recentemente pela Fundação Chapadão, tendo em vista que o primeiro caso no Estado foi identificado no ano passado, em Paraíso das Águas – antigo distrito de Costa Rica.

 

Os principais sintomas da doença são o enrugamento e formação de bolhas nas folhas, engrossamento das nervuras, deformações nas hastes, engrossamento dos nós, além de lesões, rachaduras, apodrecimento e redução do número de grãos.

 

Conforme alerta, é importante que produtores aprendam sobre a doença para evitar que ela se alastre pelo Estado. Caso observe algum sintoma, material deve ser coletado e encaminhar ao laboratório para identificação.

 

''SOJA LOUCA''

De acordo com a pesquisadora Doutora Luciany Favoreto, da Embrapa MG, a doença ''Soja Louca'' foi pesquisada durante 10 anos, período em que causou reduções na produtividade, principalmente em regiões quentes e chuvosas. Porém, somente em 2015 foi identificado o agente causador, o nematoide Aphelenchoides sp.

 

Luciany afirma que muito ainda tem que ser pesquisado a respeito dessa doença para se estabelecer as táticas de manejo, que até então são feitas com a desseca antecipada à semeadura da soja e controle de plantas invasoras.