Douradense conquista 'bronze' em Torneio Internacional de Judô - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, domingo, 18 de agosto de 2019

Douradense conquista 'bronze' em Torneio Internacional de Judô

Publicado em: 12/09/2016 às 08h46

- douradosnews

Camila [direita] é um dos principais nomes do judô sul-mato-grossense atualmente (Foto:CBJ) A judoca Camila Gebara Nogueira, de Dourados, conquistou neste domingo (11) a medalha de bronze no European Judo Open de Tallin, capital da Estônia. Essa também é

Na primeira competição após os Jogos Olímpicos Rio 2016, o judô brasileiro contou com jovens da classe Sub 23 que não decepcionaram e levaram o país ao pódio sete vezes neste final de semana no Aberto Europeu de Tallinn, na Estônia. Depois do ouro e do bronze de Daniel Cargnin (66kg) e Lincoln Neves (73kg), respectivamente, no sábado, a seleção conquistou mais cinco medalhas no domingo, 11, com Gustavo Assis (ouro), Rafael Macedo (prata), Samantha Soares (prata), Eduardo Yudi (bronze) e a douradense Camila Gebara (bronze).

 

Com esses resultados, o país ficou em primeiro lugar geral no quadro de medalhas (dois ouros, duas pratas e três bronzes).

 

Único campeão do dia, o peso-médio Gustavo Assis precisou vencer quatro combates para subir ao pódio. No caminho até a final, ele passou por Dzmitry Lukashynski, da Bielorrússia, Tomasz Szczepaniak, da Polônia, Aigars Milenbergs, da Letônia, e, na final, derroutou o finlandês Samuli Viitanen pontuando com um wazari.

 

"Comecei aproveitando a primeira oportunidade. Estou com sede de competições e acredito que foi o primeiro passo da caminhada até Tóquio. Ótimo resultado pra começar. Tenho que continuar trabalhando duro e melhorando o que os técnicos têm pra ajustar. Mas a primeira lição dessa competição foi acreditar, ter fé e determinação", comemorou Assis.

 

Os outros dois finalistas deste domingo terminaram com a prata. A meio pesado Samantha Soares foi desclassificada por técnica irregular e o ouro ficou com a holandesa Larissa Groenwold. No meio médio (81kg), Rafael Macedo conseguiu um yuko contra Attila Ungvari, da Hungria, que pontuou com ippon para ficar com o ouro. O pódio do 81kg ainda teve o brasileiro Eduardo Yudi Santos, que derrotou o canadense Etienne Briand, por ippon, na disputa pelo terceiro lugar.

 

O último pódio da seleção saiu do confronto cem por cento brasileiro na decisão pelo bronze do pesado feminino entre Beatriz Souza e Camila Gebara. Mais experiente, a douradense, que é vice-campeã mundial júnior (2015), levou a melhor sobre Beatriz, que foi bronze no mundial juvenil (2015), e ficou com a medalha. Camila pontuou com um yuko e um wazari para garantir sua primeira medalha no circuito mundial sênior.

 

"Encarei essa competição como todas as outras, focada, determinada e querendo fazer o meu melhor. Por ser a minha primeira na classe sênior, senti um pouco a diferença, talvez na força e na experiência das minhas adversárias", analisou Camila.

 

"Não gosto muito quando caem duas brasileiras na disputa de medalha porque é uma chance a menos de pódio para o país. Mas, isso está sujeito a acontecer quando temos duas inscritas na mesma categoria. Eu e a Bia (Souza) nos conhecemos muito e, por isso, a luta ficou um pouco amarrada."

 

O meio pesado Leonardo Gonçalves também lutou neste domingo e ficou fora da disputa por medalhas, caindo na repescagem para o austríaco Laurin Boehler, que ficou com o bronze.