• Assembléia Legislativa - Oficial1

Padrasto diz que tinha intenção de matar enteada após ser cobrado nas despesas da casa em Rio Brilhante - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, terça-feira, 24 de outubro de 2017

Padrasto diz que tinha intenção de matar enteada após ser cobrado nas despesas da casa em Rio Brilhante

Jovem foi morta com um tiro na nuca

Publicado em: 16/06/2017 às 07h44


Em novo depoimento prestado nesta terça-feira (13), na cidade de Rio Brilhante distante 158 quilômetros de Campo Grande, Ramão Carvalho de Souza de 56 anos, preso desde o dia 7 de junho disse que a intenção era matar a enteada de 19 anos.

De acordo com o delegado André Luiz de Mendonça que cuida do caso, Ramão teria afirmado em novo depoimento que a intenção após a discussão com a enteada e a esposa era de matar a jovem Talia Soares Rech, de 19 anos.

Ele disse que depois da briga teria ido até o quarto para arrumar as roupas em uma mala, quando pegou o revólver e o municiou com três projéteis. E m seguida saiu e efetuou um disparo contra a cabeçada Talia.

A mãe da jovem ao ver a filha ferida ‘partiu para cima’ do marido e também foi ferida com dois tiros. Talia chegou a ser socorrida, mas morreu ao dar entrada no hospital da cidade. A mãe da jovem continua internada no hospital, segundo o site Rio Brilhante em Tempo Real. 

O crime

O crime aconteceu no dia 7 de junho, quando após uma discussão entre o pedreiro, sua enteada e a esposa ele assassinou com um tiro na cabeça a jovem. O feminicídio aconteceu após as mulheres cobrarem o autor na ajuda das despesas da casa.

Neste momento, ele teria ido até o quarto da residência para buscar o revólver e ao voltar desferiu dois disparos contra Talia atingindo sua nuca. A mãe na tentativa de defender a filha se colocou a frente e também foi ferida por um tiro no rosto.

Ainda de acordo com o site Rio Brilhante e Tempo Real, a mãe da jovem foi levada para o hospital e está com um projétil alojado no rosto e teria perguntado sobre a filha. Durante buscas na residência, os policiais civis encontraram duas espingardas calibre 22 e 28, além de munições e apetrechos para recarregar munições. As armas estavam em cima de um guarda-roupa.

 

Por: Mídia Max