Justiça proíbe novamente o prefeito Donato Lopes da Silva (PSDB) de representar o município em processos judiciais - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, sábado, 19 de agosto de 2017

Justiça proíbe novamente o prefeito Donato Lopes da Silva (PSDB) de representar o município em processos judiciais

Publicado em: 04/08/2017 às 18h18

Da Redação

Foto: Da Redação

Depois de ser condenado por improbidade administrativa pelo Superior Tribunal de Justiça - STJ, em Brasília, e considerado ímprobo, o prefeito Donato Lopes da Silva recebeu mais um duro golpe da justiça, pois pela segunda vez, a Juíza da Vara Cível da Comarca de Rio Brilhante, Dra. Mariana Rezende Ferreira Yoshida, proibiu Donato de representar o Município em 2 processos em andamento no fórum de Rio Brilhante, determinando que quem deve representar o Município nos processos número 0800433-42.2016.8.12.0020  e  0801205-39.2015.8.12.0020, ambos em andamento nesta comarca será o Vice-Prefeito Marcio Belone (PSDB).

Esses processos se referem ao já conhecido fato de que Donato usou dinheiro público do povo para pagar seu seguro de vida pessoal, onde colocou como única beneficiaria a sua esposa Iraci Montanha da Silva, com uma apólice de 400 mil a cada seguro, foram feitos seguros dessa forma durante 7 anos nos períodos entre 2005 a 2012, quando Donato comandou o Município.

O Ministério Público requereu o afastamento de Donato como representante do Município e que o mesmo fosse substituído pelo vice prefeito Marcio Belone, o que foi determinado pela Juíza que comanda esse processo.

Essa situação cria um grande constrangimento para o prefeito, pois decisões desta natureza tiram cada vez mais a sua credibilidade junto à classe política e junto à população.

PROCURADORA DO MUNICÍPIO VIVIANE LIMA PEDIU PROSSEGUIMENTO DE PROCESSO CONTRA DONATO

Conforme petição protocolada junto ao  Fórum, no processo nº 0800433-42.2016.8.12.0020, fls. nº 177, a Procuradora do Município, Viviane Lima Silva e a advogada da prefeitura, Dra. Arlete Barbosa de Paiva requereram para a Juíza da Vara Civil  do Fórum de Rio Brilhante o prosseguimento do referido processo contra o Prefeito Donato Lopes da Silva - PSDB, e ainda argumentaram que Donato sequer contestou o processo, e certamente esse pedido se deve à representação processual das advogadas e ao grande número de provas que existem no processo bem como o interesse do Município ser indenizado nos prejuízos por ato tão deplorável e aproveitador por parte do atual prefeito, que usou dinheiro público em benefício pessoal.

CORRELIGIONÁRIOS APOSTAM NA MOROSIDADE DO JUDICIÁRIO

A redação deste Site ouviu diversos advogados sobre o andamento destes dois processos que tratam do pagamento do seguro de vida pessoal com dinheiro público, que foram unânimes em afirmar que a possibilidade do prefeito Donato Lopes da Silva mais uma vez ser condenado por improbidade administrativa é muito grande, pois as provas são muito fortes e são provas documentais e que até uma criança hoje em dia sabe que um prefeito não pode usar dinheiro público para fins pessoais, ainda mais se tratando de uma pessoa que já havia exercido esse cargo por vários mandatos e dizer que não sabia, é menosprezar a inteligência alheia.

Já a classe política de Rio Brilhante está dividida em seus pontos de vista, pois enquanto grande parte dos adversários políticos do prefeito Donato Lopes da Silva afirmam que acreditam na justiça e que o mesmo será condenado a devolver aos cofres públicos o dinheiro público usado indevidamente e sofrerá as consequências e mais uma vez será condenado por improbidade administrativa, a maioria dos seus correligionários políticos apostam que mais vez esses processos não darão em nada por que Donato tem muito dinheiro, bons advogados e muita influência política junto ao Governador do Estado e vai usar de todas as artimanhas judiciais , para tentar "empurrar com a barriga" tais processos, para que os mesmos caiam no esquecimento da população e apostam todas as fichas na morosidade da máquina judiciária e enquanto isso, todo "belo e formoso" cumprirá seu mandato até o final poderá continuar sendo candidato a cargos públicos, pois essa tem sido a sua história de vida.

O mais incrível é que existem um grande número de pessoas que aprovam a atitude do prefeito e não enxergam nenhum problema no fato do prefeito usar dinheiro público para pagar o seu seguro de vida pessoa colocando a sua esposa como beneficiária, porém, é exatamente por pensamentos iguais a estes que os políticos Brasileiros acreditam na impunidade e se acham no direito de assaltar os cofres públicos e implantar redes de corrupção em prefeituras, estados e no país, é por pensamentos assim que o país está nessa triste situação.

É importante informar que o processo 0800433-42.2016.8.12.0020 foi dado entrada no Fórum no dia 25/04/2016, ou seja, a 1 ano e 5 meses, e o processo 0801205-39.2015.8.12.0020, é bem mais antigo e foi dado entrada no Fórum no dia 23/09/2015, ou seja, a 1 ano e 10 meses.

A redação do Rio Brilhante News fez contato com a Juíza  Dra. Mariana Rezende Ferreira Yoshida para falar sobre o assunto, mas ela informou que por vadação legal não pode se manifestar sobre processos em andamento sob a sua responsabilidade de julgamento.