• Assembléia Legislativa - Oficial1

Alvo do Gaeco em 2015, ex-prefeito de Itaporã é demitido do Ministério Público - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, terça-feira, 24 de outubro de 2017

Alvo do Gaeco em 2015, ex-prefeito de Itaporã é demitido do Ministério Público

Publicado em: 21/09/2017 às 15h06


Wallas Milfont foi demitido do MPE - Foto: Arquivo/Dourados News

Ex-prefeito de Itaporã e envolvido na Operação Layout, desencadeada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) em 2015, Wallas Milfont, foi demitido do MPE (Ministério Público Estadual).

O nome dele aparece na edição desta quinta-feira (21) do Diário Oficial do órgão e a medida é assinada pelo procurador-geral de Justiça de Mato Grosso do Sul, Paulo Cézar Passos.

Wallas ocupava o cargo de técnico I, no setor administrativo do MPE e conforme o relatado no documento, ele foi penalizado "a bem do serviço público, nos termos dos artigos 231, inciso IV, 235, incisos III e IX, e 236, caput, todos da Lei Estadual nº 1.102, de 10 de outubro de 1990 (Processo nº 09-2016-00001414-5)", que trata do funcionalismo público.

Em suma, recai sobre o ex-prefeito "incontinência pública ou escandalosa" e "receber ou solicitar propinas, comissões ou vantagens de qualquer espécie, ainda que fora de suas funções, mas em razão delas".

O salário pago a ele no mês de agosto pelo Ministério Público, segundo o portal da transparência, foi de R$ 6.361.

Wallas atuava em Dourados desde fevereiro deste ano, quando foi transferido.

Layout

Wallas Milfont foi alvo de operação do Gaeco realizada em junho de 2015, a chamada Layout, que investigou denúncias de irregularidades no processo de licitação para contratação de agência de publicidade.

 

Por: Dourados News