Três bebês já morreram este ano em Rio Brilhante por causa do atendimento médico e o caso vira polêmica na Câmara de Vereadores - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, domingo, 17 de dezembro de 2017

Três bebês já morreram este ano em Rio Brilhante por causa do atendimento médico e o caso vira polêmica na Câmara de Vereadores

A vereadora Wandressa Barbosa (PSB) afirmou que somente este ano morreram três crianças na cidade e a reclamação dos pais e demais familiares é que houve negligência no atendimento do serviço público de saúde.

Publicado em: 14/11/2017 às 14h01

Mídia Flex

A morte da menina Alice Vitória de apenas três meses de idade em Rio Brilhante acabou sendo o assunto principal da sessão da Câmara de Vereadores de Rio Brilhante na noite desta segunda-feira.

A vereadora Wandressa Barbosa (PSB) afirmou que somente este ano morreram três crianças na cidade e a reclamação dos pais e demais familiares é que houve negligência no atendimento do serviço público de saúde.

“Mais um bebê morre em nossa cidade e mais uma vez não se sabe ao certo se há um culpado”, denunciou a vereadora durante seu discurso na tribuna.

Segundo ela, o “fato é que, de acordo com a mãe da pequena Alice Vitória de meses, a criança chegou bem, apenas com vômito, ao hospital e algum tempo depois saiu de lá para falecer nos braços da mãe”. Para Wandressa é “triste demais”.

A vereadora afirma que “a saúde em Rio Brilhante está deixando a desejar não é novidade, mas ficar calado ou tapando o sol com a peneira em nada vai ajudar”.

Wandressa explicou que “o prefeito que aí está pelo quinto mandato, não é mais o administrador de outrora, e muitos dos seus seguidores, insistem em viver daquele passado em que tudo ele fazia, mas a realidade hoje do país é outra. Deve ser fácil administrar com dinheiro, já enfrentar a crise é outra história”.

Temos sim que valorizar o que cada prefeito que passou por Rio Brilhante fez, todos tiveram erros e acertos, ex-prefeitos Kalife, Paulo Cuel, Foroni, também construíram nossa cidade, mas quem está atualmente a frente da prefeitura é o senhor Donato, então nada mais lógico que cobrar do mesmo o que é de direito do povo; sobretudo, saúde e educação dignas”, bradou a vereadora que pretende continuar acompanhando os casos de mortes de bebês.

 




  • Colégio Objetivo4
  • Objetivo32