Délia recebe presidente do Hospital do Câncer de Barretos e inicia estudos para a implantação de uma unidade em Dourados para atender os pacientes da região - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, domingo, 17 de dezembro de 2017

Délia recebe presidente do Hospital do Câncer de Barretos e inicia estudos para a implantação de uma unidade em Dourados para atender os pacientes da região

Mais uma vez a prefeita Délia reunião integrantes da classe política para tratar assuntos de interesse da população douradense

Publicado em: 27/11/2017 às 09h33


“Momentos tão importantes como este são raros e hoje estamos aqui com pessoas especiais para tratar de um assunto especial. Coloco a administração de Dourados à disposição para conquistarmos este objetivo. A nossa comunidade precisa e estamos dispostos”, disse a prefeita, que mais uma vez reuniu integrantes da classe política para tratar assuntos de interesse da população douradense.

Henrique Prata fez parada em Dourados depois de agenda que havia cumprido no Estado de Rondônia para tratar assuntos referentes à extensão do HC Barretos naquela localidade.

Em Dourados para proferir uma palestra no Sindicato Rural, ele foi receptivo aos argumentos sobre a possibilidade de implantação de uma unidade, seja hospitalar ou de diagnóstico no município e ressaltou o que será necessário para que isto se concretize.

Henrique Prata congratulou a todos com o ideal de instalação de uma unidade em Dourados e pediu que se estimule a consciência da comunidade, como um todo. “O ideal de vocês é positivo. Merece ocorrer, pode ocorrer e deve ocorrer, desde que observada a máxima que cuidar de pacientes com câncer necessita determinação e dedicação além do que temos visto em instituições”, disse.

“Sou prático e realista. Em primeiro lugar, se tivermos no coração a comunhão com Deus e, de fato, compromisso de executar esta ação, não será para mera propaganda. Tem que iniciar e permanecer. Nosso hospital é referência porque atende protocolos internacionais e a complexidade de todo o trabalho não passa nem perto de protocolos do SUS. Temos que por os pés no chão para que isto realmente frutifique”, disse.

O pecuarista que abraçou os ideais do pai, fundador do HC, e até hoje trabalha sem fins lucrativos, deixou claro que todo o trabalho de tratamento do câncer, seja ele diagnóstico ou intervencionista, precisa de comprometimento com a causa. “A principal regra deste ‘jogo’ é a regra do que é certo, em todos os sentidos. Um hospital que seja extensão do de Barretos precisa ser referência e contra-referência. E para isto, estamos falando de pessoas que constroem um hospital de amor. Não é pelo dinheiro ou pela propaganda”, disse.

O presidente do HC fez questão de ressalta que MS é o Estado que mais manda pessoas com Câncer para tratamento em Barretos. São mais de 35 mil pessoas todos os anos. Para se ter ideia, Minas Gerais é o segundo colocado com 18 mil pessoas. “É importantíssimo que tenhamos uma unidade aqui. Mas temos que observar todo o procedimento correto que isto envolve. Se despertar em cada coração, temos tudo para transformar MS”, disse.

Todos falaram no sentido de encaminhar ações para que Dourados seja um polo de atendimento do Hospital do Câncer de Barretos, o que atenderia uma região com população estimada em mais de um milhão de pessoas. Ficou definido que representantes de Dourados e região se reunirão com o Governo do Estado para propor e ouvir propostas e, posteriormente, levar até a bancada federal de MS no intuito de abrir portas para que se concretize este sonho.

“A decisão que for tomada nesta reunião terá de mim o companheirismo para ser levada adiante. Serei um companheiro de primeira hora para unir a bancada de MS em prol desta tão nobre causa”, prometeu o senador Moka.

Os deputados estaduais Zé Teixeira e Renato Câmara falaram em nome da AL e se colocaram como elo para conversas com o Governo do Estado. Eles chegaram, inclusive, a mencionar a disposição do governador de deixar que o Hospital São Luiz fosse equipado para ser esta unidade do HC Barretos.

Estiveram na Prefeitura de Dourados o senador Waldemir Moka, os deputados estaduais Zé Teixeira e Renato Câmara, os vereadores Junior Rodrigues, Olavo Sul, Braz Melo, Sergio Nogueira, Alan Guedes, Idenor Machado, Juarez de Oliveira, Pedro Pepa, Silas Zanata, Romualdo Ramin e Cirilo Ramão, além de secretários municipais. Também estiveram presentes o prefeito de Douradina, Jean Sérgio, e o presidente do Sindicato Rural de Dourados, Lucio Damalia

 




  • Colégio Objetivo4
  • Objetivo32