Na última semana do ano, Águia Negra e Comercial são os únicos sem técnicos para 2018 - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Na última semana do ano, Águia Negra e Comercial são os únicos sem técnicos para 2018

Diretorias dos clubes em Campo Grande e Rio Brilhante se reunem nesta terça para buscar solução e iniciar os treinos

Publicado em: 27/12/2017 às 07h38


Águia Negra tem dificuldades para viabilizar 2018, mas garante participação no Estadual (Foto: Noé Faria/Arquivo)

O Campeonato Estadual 2018 começa no dia 17 de janeiro e o trabalho efetivo dos clubes que vão disputa-lo vai começar efetivamente no dia 2 ou 3 de janeiro. Apenas Corumbaense, Sete de Dourados, ABC, Operário FC e Urso de Mundo Novo já se movimentaram neste sentido e o Costa Rica começa a receber os seus jogadores nesta quarta-feira (27). Todos os citados, mais Novo e Operário AC estão com os treinadores definidos. O mistério está no Comercial e no Águia Negra que, na última semana do ano, ainda não divulgaram seus técnicos.

Três times optaram em manter os treinadores que terminaram a temporada 2017. O campeão Douglas Ricardo segue no Corumbaense, o Sete manteve o ex-jogador Márcio Santos e o Operário FC chegou a estudar outras opções, mas anunciou Celso Rodrigues. O Urso trouxe Pedro Caçapa para montar o time e utilizou a Copa Karandá, uma das principais competições amadoras do Estado, para testar jogadores.

O Novo aposta em Robert Almeida, que fez boa campanha no ABC e este promoveu o auxiliar Robson Matos ao principal cargo da Comissão Técnica. O Costa Rica trouxe de volta ao MS Chiquinho Lima, campeão com o Sete em 2016 e que neste ano trabalhou em Santa Catarina e no Rio de Janeiro e, por último, o Operário AC manteve José Viriato Mendes, técnico campeão da Série B.

Águia Negra

Em Rio Brilhante, a diretoria do Águia deve trabalhar até nos feriados para viabilizar o participação no Estadual 2018. Sem o apoio financeiro da Prefeitura Municipal, fundamental para as boas campanhas em anos anteriores, incluindo os títulos de 2007 e 2012 e o vice em 2014, o rubro-negra tenta se manter em uma realidade que derrubou clubes que tinham grande apoio público, como o Naviraiense.

Segundo o presidente Iliê Vidal, a intenção é iniciar os treinos no dia 2 de janeiro, duas semanas antes da estreia, mas nenhuma confirmação sobre nomes. "Temos muitos planos e conversas. Depois do Natal vamos ver se tudo o que está apalavrado se confirma. De acordo com o dirigente, tudo depende agora de situações que não estão sobre seu controle. "Quando o dinheiro acaba, você tem que fazer mágica e acreditar até em Papai Noel", concluiu.

Colorado

A situação parece ser a mesma no Comercial. A campanha aquém do esperado em 2017 tirou o clube de competições nacionais e a receita para 2018, por isso, deve cair consideravelmente. Até por isso, nenhuma informação concreta sobre a participação no Estadual. Paulo Telles, que gerenciou o futebol neste ano, anunciou sua saída após o Brasileiro, depois houve uma tentativa de reaproximação, mas sem acordo. "Tenho uma proposta do futebol do Mato Grosso e outra para um novo projeto no MS, mas nada definido", disse.

Segundo pessoas próximas à diretoria, a preferência é pela manutenção de Walter Ferreira, que chegou ao Colorado no meio do Campeonato Estadual e seguiu no Brasileiro. O martelo pode ser batido nesta terça-feira (26), em nova reunião do presidente Walter Mangini com diretores. À partir daí, montagem relâmpago do elenco para iniciar os treinos pós virada de ano.

Estadual 2018

O Campeonato começa em 17 de janeiro com apenas dez clubes, já que o Naviraiense pediu afastamento por falta de recursos financeiros e o Cena, convidado para a vaga, não aceitou pelo mesmo motivo. Outra vaga foi aberta com a exclusão do Misto EC da Série B, consequentemente, não podendo ocupar o acesso conquistado.

No Grupo A estão Operário FC, Comercial, Novo e ABC, todos de Campo Grande, e ainda o Costa Rica. Na primeira rodada jogam ABC e Operário e ainda Comercial e Costa Rica. No Grupo B estão Corumbaense, Sete de Dourados, Águia Negra, Urso e o recém-promovido Operário AC, de Dourados. Os primeiros jogos são Urso contra o Sete em Mundo Novo e o Operário contra o Águia no Douradão.

Os times se enfrentam em turno e returno dentro das chaves e os quatro melhores de cada lado avançam para a fase de quartas de final. Depois, em confrontos únicos em ida e volta, a competição segue com semifinal e final. Os dois melhores garantem vaga na Copa do Brasil, Série D do Campeonato Brasileiro e o campeão joga ainda a Copa Verde.

 

Por: Gazeta MS




  • Colégio Objetivo4
  • Objetivo32