Sancionada lei que prevê punições em casos de indisciplina nas escolas em MS - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Sancionada lei que prevê punições em casos de indisciplina nas escolas em MS

Proposição era chamada de 'Lei Harfouche' e causou bastante polêmica durante o trâmite na Assembleia Legislativa

Publicado em: 16/01/2018 às 08h48


A governadora de Mato Grosso do Sul, em exercício, Rose Modesto (PSDB), sancionou a lei que prevê punições para alunos que cometerem atos de vandalismo e indisciplina. Antes das discussões na Assembleia Legislativa, o projeto era chamado de "Lei Harfouche".

A medida tramitou no Legislativo estadual durante dois anos, mas as discussões se intensificaram em 2017. Antes, a proposta só previa penalidades nas escolas estaduais. O novo texto incluem as particulares e outras mudanças.

De acordo com o texto, os estudantes que depredarem o patrimônio escolar deverão reparar os danos causados ou fazer atividades extracurriculares. Um registro da ocorrência escolar com lavratura de termo de compromisso será feito. O documento terá a autorização dos pais ou do responsável legal.

A lei prevê, ainda, reuniões com alunos e demais segmentos da comunidade escolar para discussão de questões relacionadas à violência na escola. Também devem ser feitos círculos restaurativos e "de cultura da paz", espaços de resolução pacífica de conflitos de menor potencial ofensivo.

Atividades pedagógicas culturais e de lazer, como apresentações musicais, peças teatrais, coreografias, gincanas e filmes educativos estão previstos. Ainda conforme a medida, a aplicação disciplinar vai considerar a gravidade da infração cometida.

Antes das mudanças no projeto, havia a previsão de suspensão de benefícios sociais caso os pais ficassem omissos nas ações. O texto oficial, no entanto, afirma que reportará às autoridades competentes sobre a situação.




  • Colégio Objetivo4
  • Objetivo32

  • DOG BURGER AVENIDA33