Concessionária da BR-163 revela queda na arrecadação pedágio em 2017 - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Concessionária da BR-163 revela queda na arrecadação pedágio em 2017

Custos com construção também caíram em relação a 2016

Publicado em: 27/02/2018 às 09h54


A empresa CCR MSVia, concessionária responsável pela BR-163, divulgou um balanço no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (26), que revela que a arrecadação com os pedágios da via diminuíram entre 2016 e 2017.

De acordo com o relatório divulgado pela concessionária, a receita com pedágio em 2016 foi de R$ 291,8 milhões, e no ano seguinte esse montante caiu 7.7%, ficando em R$ 269,3 milhões.

A companhia alega que Mato Grosso do ‘tem forte dependência econômica ao setor do agronegócio’, sendo que o ‘escoamento dos principais produtos agrícolas produzidos na região Centro-Oeste influencia diretamente o tráfego que transita pela BR-163/MS’.

A retração da economia nacional no ano passado foi um dos motivos alegados pela concessionária para justificar a queda na arrecadação, bem como da paralisação das obras de duplicação da via, que ficaram meses paralisadas em 2017.

O relatório divulgado pela empresa também dá conta dos empréstimos feitos pela CCR, de R$ 646 milhões junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), e dois junto à Caixa Econômica Federal que chegam a R$ 737 milhões. Recursos que deveriam custear a duplicação dos 845,4 km da BR-165 em território sul-mato-grossense.

Confira todo o documento publicado pela CCR MSVia no Diário do Estado de hoje, a partir da página 96 (LINK).