Sete revê Chiquinho Lima pela primeira vez após inédito título Estadual - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, segunda-feira, 21 de maio de 2018

Sete revê Chiquinho Lima pela primeira vez após inédito título Estadual

Técnico campeão em 2016 comanda o Costa Rica adversário nas quartas de final a partir de domingo

Publicado em: 09/03/2018 às 11h34


O confronto entre Sete de Dourados e Costa Rica nas quartas de final do Estadual terá um personagem especial. Será o primeiro encontro do clube douradense com o técnico Chiquinho Lima que foi campeão em 2016 e levou o time a inédita classificação para competições nacionais. Ao Gazeta MS, o comandante revelou que os jogos serão especiais para ele e demonstrou o carinho que ainda sente pelo clube.

"Momento muito especial, mesmo sendo adversário. Será a primeira vez que trabalharei contra a equipe do Sete depois de viver um ano mágico na minha vida pessoal e profissional enquanto estive a frente do comando técnico do clube. Será uma satisfação muito grande retornar a Dourados, ao Douradão e reencontrar o torcedor do Sete, onde juntos fomos muitos felizes", diz Chiquinho Lima.

Mesmo longe há quase dois anos e com elenco quase totalmente reformulado do Sete, Chiquinho diz conhecer grande parte dos jogadores "rivais" e prepara o Costa Rica com força total.

"Temos que nos preparar nos aspectos físico, técnico e mental para encarar o Sete que será um adversário muito difícil. É uma equipe que conheço muitos atletas, conheço a capacidade profissional deles. Teremos dois jogos muito difíceis pela frente", completou.

Um remanescente do elenco campeão de 2016 no Sete, o volante Peu fez elogios ao antigo técnico e lembrou do investimento feito pelo Costa Rica para esta temporada projetando o confronto das quartas de final.

"Sem dúvida serão dois grandes jogos. Dois bons times que tem totais condições de se consagrar campeão. O Costa Rica pelo investimento que fez juntamente com o seu técnico Chiquinho que sempre monta ótimos elencos e tem um trabalho incontestável, além de conhecer muito bem o campeonato. Mas temos total respeito pelo nosso adversário e temos um objetivo traçado. Faremos o possível para conquistar nossa meta", disse o jogador que não deve atuar no duelo de domingo devido uma contusão.

Peu lembrou que leva vantagem nos confrontos contra Chiquinho Lima e espera manter o retrospecto positivo como adversário.

"Não vai ser a primeira vez que vou enfrenta-lo. Em 2015, tivemos seis confrontos no ano e eu particularmente estou com uma pequena vantagem com três vitorias, duas derrotas e um empate e se Deus quiser vou continuar com essa vantagem, mas para isso acontecer vou ter que correr muito porque a missão é difícil, mas não impossível. Estamos treinando forte, nos preparando para esses dois duelos de muita importância", completou Peu

Costa Rica e Sete iniciam a disputa neste domingo às 16h no estádio Laertão. A volta acontece na quinta-feira, às 20h10, no Douradão. O time douradense joga vantagem de resultados iguais, ou seja, dois empates ou vitórias alternadas pelo mesmo saldo de gols. Quem passar deste confronto, enfrentará o vencedor de Operário e Urso nas semifinais.

 

Por: Gazeta MS




  • Colégio Objetivo4
  • Objetivo32

  • DOG BURGER AVENIDA33