Prefeitura consegue ‘passar pela crise’ com política austera de controle financeiro - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

Prefeitura consegue ‘passar pela crise’ com política austera de controle financeiro

Publicado em: 12/06/2018 às 13h57


A Prefeitura de Dourados está tendo bons motivos para avaliar como positivas as medidas de contenção adotadas a partir de novembro do ano passado, por orientação da prefeita Délia Razuk, no sentido de assegurar o controle das finanças públicas, como a proibição de novas contratações de servidores para o exercício de funções de confiança e a transparência aplicada nas ações coordenadas pela Semfaz (Secretaria municipal de Fazenda).

De acordo com o secretário João Fava Neto, apesar da realidade econômica nacional, motivada pela elevada carga tributária, Dourados tem sido um dos poucos municípios que ainda consegue honrar os compromissos assumidos com fornecedores e, principalmente, manter a folha de pagamento dos cerca de 7 mil servidores em dia.

"Hoje, felizmente, não existe nenhum prestador de serviço ou fornecedor do Município que não esteja recebendo absolutamente em dia pelos trabalhos realizados em Dourados", garante o secretário. Levantamentos realizados pela equipe econômica da Prefeitura indicam que até bem pouco tempo, em gestões passadas, o Município chegava a acumular até quatro meses de compromissos financeiros, ocasionando transtornos e constrangimentos em muitas famílias de trabalhadores.

João Fava diz que os esforços nesse sentido hoje produzem um clima favorável aos novos empreendimentos. "Semanalmente, a prefeita Délia tem recebido, no gabinete, investidores interessados em expandir as atividades, exemplos já comprovados pelo arrojado projeto que vai permitir a duplicação da planta de abates da Seara (do grupo JBS), o investimento de mais de meio milhão de reais da Coamo, que já gera cerca de 800 empregos diretos antes ainda de começar a funcionar e a expectativa de início das obras de ampliação da pista e reforma do terminal de passageiros do aeroporto municipal, como forma de atrair ainda mais benefícios".

Segundo o secretário de Fazenda, existe todo um trabalho sincronizado nesse sentido, aliando os ajustes na política de arrecadação com o controle de gastos, a execução de políticas tributárias, financeiras e econômicas de uma forma geral, implementando de maneira direta a justiça fiscal para todos.




  • Colégio Objetivo4
  • Objetivo32