Delcídio, Lula e mais cinco são absolvidos em processo sobre obstrução de Justiça - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, terça-feira, 23 de outubro de 2018

Delcídio, Lula e mais cinco são absolvidos em processo sobre obstrução de Justiça

Juiz federal de Brasília emitiu sentença nesta quinta-feira

Publicado em: 13/07/2018 às 06h44

Midia Max

O ex-senador Delcídio do Amaral foi absolvido, nesta quinta-feira (12), pelo juiz federal Ricardo Leite, que atua na 10ª Vara da Justiça em Brasília. Delcídio e mais seis pessoas, incluindo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), eram acusados pelo crime de obstrução de Justiça.

De acordo com a denúncia do MPF (Ministério Público Federal), aceita pela Justiça em julho de 2016, Delcídio, Lula, Bernardo Cerveró, Edson Ribeiro Filho, Diogo Rodrigues, Maurício Bumlai e José Carlos Bumlai teriam obstruído a Justiça na tentativa de comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró.

Na sentença desta quinta, o juiz Ricardo Leite afirmou que áudios de conversas captadas entre Delcídio e os outros envolvidos não são provas válidas “para ensejar qualquer decreto condenatório”. A gravação de conversas foi o principal elemento que embasou a denúncia do MPF.

O magistrado afirmou, ainda, que o processo de investigação não foi suficiente para reconstruir “a realidade fática”. Para Ricardo Leite, várias situações podem ter ocorrido que ocasionaram a conversa entre Delcídio e os outros denunciados e “a prova fornecida (a gravação obtida) foi deficiente”.

Em relação aos pedidos dos réus para liberação de bens bloqueados no decorrer do processo, o juiz pediu para que o MPF se manifeste sobre o assunto em razão de haver outros processos da Lava Jato que envolvem os réus.




  • Objetivo32
  • Colégio Objetivo4