Lutador de MS ganha Brasileiro de Kickboxing e garante vaga no Panamericano - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Lutador de MS ganha Brasileiro de Kickboxing e garante vaga no Panamericano

Com este título, Caiubi Ajala é o primeiro sul-mato-grossense a conquistar três campeonatos brasileiros de diferentes modalidades de luta; Boxe, Muay Thai e Kickboxing

Publicado em: 21/07/2018 às 06h57


Representando o estado de Mato Grosso do Sul, o lutador Caiubi Ajala aos 27 anos tem feito história. Na carreira já traz diversos títulos como praticante de artes marciais. Sua última conquista foi no Campeonato Brasileiro de Kickboxing, realizado em Maringá (PR) entre os dias 5 e 8 de julho, no qual alcançou o primeiro lugar na modalidade K1 Rules, a mais difícil da competição.

Com esta medalha de ouro, o atleta tornou-se o primeiro sul-mato-grossense a conquistar três campeonatos brasileiros de diferentes modalidades de luta; Boxe, Muay Thai e Kickboxing; um marco na história da luta regional. O título também lhe garantiu uma vaga para o Panamericano que acontece no mês de outubro, em Cancún, no México.

"Há um ano e meio venho me preparando para este campeonato e fico muito contente com o resultado. Tentei ano passado e fiquei em segundo lugar, e neste ano trouxe a medalha de ouro para o nosso estado. Agora vou me dedicar para o Pan", conta.

O jovem iniciou a prática de lutas aos 12 anos de idade e desde então já conquistou diversas medalhas. Entre suas conquistas estão a de campeão juvenil de Boxe Olímpico (2008), campeão brasileiro de Muay Thai (2009, 2010 e 2011), campeão panamericano de Muay Thai (2010), terceiro lugar na Copa Brasil de Kickboxing (2014), vice-campeão mundial de Muay Thai na Tailândia (2014) e segundo lugar no Brasileiro de Kickboxing (2017).

Formado em Educação Física e professor de Muay Thai, Caiubi apostou na prática do kickboxing por ter percebido que este esporte havia conquistado vários lutadores em todo mundo, uma modalidade diferente e ao mesmo tempo muito interessante. "Meus treinos são compostos por musculação, exercícios aeróbicos e técnicas específicas de kickboxing. Tenho uma alimentação balanceada e faço acompanhamento com médico", completa.

Agora o atleta vai intensificar ainda mais os treinos na busca pelo Panamericano. Se preparando para o seu próximo desafio, Caiubi finaliza falando sobre a necessidade de mais reconhecimento em relação a estes esportes e seus praticantes: "Por não serem esportes olímpicos não temos muita divulgação das nossas conquistas, no entanto tem que haver um pouco mais de atenção, pois nos esforçamos para trazer títulos para o estado e não temos muitos recursos".




  • Objetivo32
  • Colégio Objetivo4