Empresários são presos pelo estupro coletivo de adolescente - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, sábado, 17 de novembro de 2018

Empresários são presos pelo estupro coletivo de adolescente

O crime aconteceu na madrugada do dia 28 de julho, em Miranda

Publicado em: 21/08/2018 às 09h11

Correio do Estado

Três homens, com idades entre 23 e 36 anos, foram presos pelo estupro de uma adolescente de 16 anos em uma casa noturna localizada no centro de Miranda. Eles eram proprietários do local. O crime aconteceu na madrugada do dia 28 de julho e os criminosos foram presos na sexta-feira (17).

Conforme as informações do delegado, Pedro Henrique Pillar Cunha, por mensagens no whatsapp os suspeitos convidaram a vítima para ir até a casa noturna. Ela chegou ao local acompanhada de um primo, de 16 anos, e eles começaram a ingerir bebidas alcóolicas com os empresários. O estabelecimento ainda não havia sido aberto ao público.

Durante a madrugada o garoto não encontrou a prima e, preocupado, chamou um amigo mais velho para ver o que estava ocorrendo. O homem chegou ao local, arrombou a porta de um dos cômodos e encontrou a garota nua, em um colchonete, cercada pelos criminosos.

Eles tentaram agredir o homem e o adolescente, mas, eles conseguiram deixar o local e levaram a adolescente para o hospital, onde os médicos constataram o estupro.

O delegado disse que, dias após o crime os homens foram atrás da adolescente na tentativa de impedir qualquer denúncia. Por esse motivo, ele entrou com pedido de prisão preventiva na Justiça.  A solicitação foi aceita e os criminoso presos na sexta-feira (17).

Na delegacia, eles negaram o crime e disseram que os atos ocorreram com o consentimento da vítima. “Eles embriagaram ela. Ela não tinha condições de entender o que estava ocorrendo”, explicou o delegado sobre o porquê deles responderem por estupro de vulnerável, apesar da vítima ter mais de 14 anos.




  • Objetivo32