Federação estuda cancelar o Estadual Série B e chama clubes - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, terça-feira, 16 de outubro de 2018

Federação estuda cancelar o Estadual Série B e chama clubes

Restando três semanas para iniciar a competição nenhum time apresentou laudos dos estádios mandantes

Publicado em: 03/10/2018 às 10h12

Gazeta MS

Estádio Douradão é um dos locais ainda sem laudos para a competição (foto: Arquivo/Renato Giansante)

A Série B do Campeonato Estadual tem a primeira rodada agendada para o dia 27 de outubro e a confirmação de sete clubes na disputa por duas vagas na primeira divisão em 2018, pelo menos na teoria. Na prática, a competição pode não acontecer. Até a manhã desta terça-feira (3), os clubes ainda não haviam enviado à Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS) a documentação necessária para que estejam aptas a disputar o campeonato, incluindo os laudos dos estádios em que os jogos devem ser disputados.

Nesta segunda, a entidade, em nota publicada em seu site oficial, convoca todos os clubes para discutirem a situação na próxima terça-feira (9), em Campo Grande. De acordo com o documento, assinado pelo presidente Francisco Cezário, a pauta única será a possibilidade de "cancelamento do Campeonato Sul-Mato-Grossense de Futebol Profissional Série B Edição 2018" e todos devem, obrigatoriamente, enviar um representante.

Fora da lei

Segundo o vice-presidente e coordenador de competições da entidade, Marcos Tavares, a reunião convocada será para definir o imbróglio. "Faltam menos que 30 dias para começar a competição e até agora nenhum documento foi entregue, a rigor, todos estão fora da lei", explicou. Tavares disse ainda que a possibilidade de cancelamento existe. "Se não trouxerem a documentação até terça, vamos cancelar a Série B".

Se confirmado o cancelamento da Série B, o Estadual 2019 será disputado novamente por dez clubes, já que não acontecerá acesso. "Neste caso faremos o campeonato normalmente, com dois rebaixados e seguimos com dez participantes em 2020, sem problemas".

Douradão

Representante de Dourados na competição, o Ubiratan indicou seus jogos para o Estádio Douradão, mas esse segue sem laudos. De acordo com Jânio Amaro, diretor-presidente da Funed, responsável pela manutenção do estádio, o Corpo de Bombeiros exige a liberação completa e não mais parcial como aconteceu até agora. "Estamos tentando. O Corpo de Bombeiros devolveu o projeto para alterações e está agora na Secretária de Obras. O impasse está na liberação total do estádio e acredito que nessas condições teremos o Douradão em janeiro de 2019".

Joaquim Soares, presidente do Ubiratan, diz que só poderá se pronunciar sobre o assunto na próxima semana. "O Douradão está passando por uma reforma e na segunda-feira vou conversar com o Jânio. Só depois poderemos dar uma posição oficial sobre o assunto", resumiu.




  • Colégio Objetivo4
  • Objetivo32