Ubiratan confirma saída da Série B e deve sofrer punição - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, sábado, 15 de dezembro de 2018

Ubiratan confirma saída da Série B e deve sofrer punição

Joaquim Soares alega impossibilidade de jogar no Douradão como motivo para não disputar a Segundona MS

Publicado em: 25/10/2018 às 11h00

Gazeta MS

O ano de 2018 não será marcado pela volta do Ubiratan EC ao futebol profissional de Mato Grosso do Sul. Afastado desde 2015, quando foi rebaixado para a segunda divisão, havia expectativa dos torcedores de que o Leão da Fronteira disputasse a Série B do Campeonato Estadual neste ano e pudesse conseguir uma das duas vagas, mas essa esperança teve fim nesta semana. Presidente do clube, Joaquim Soares encaminhou carta à Funed, que administra o Estádio Douradão, que não disputaria a competição. A Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS) aguarda o mesmo documento para fazer as alterações necessárias na tabela.

De acordo com a carta (veja abaixo), datada na última segunda-feira, 22, a não participação do Ubiratan no Estadual estaria diretamente ligada ao fato de não ter estádios liberados em Dourados para receber jogos oficiais no restante do ano. "Ubiratan Esporte Clube não participará do referido campeonato [Série B Estadual] diante da impossibilidade de utilizar o Douradão, bem como no campo da Leda". Dias atrás, o dirigente disse que o caminho seria esse. "Não tem sentido montar um time para jogar em outra cidade. Melhor retornar ano que vem e jogando em casa", afirmou Joaquim.

A intenção de no próximo ano voltar ao futebol, no entanto, pode esbarrar na punição que o clube corre o risco de receber por ter desistido da disputa fora do prazo. Para Marcos Tavares, vice-presidente e coordenador de competições da Federação, isso só seria possível agora em 2021. "Assim que recebermos oficialmente a carta de desistência temos que encaminhar ao TJD-MS com a punição de afastamento de dois anos que precisa ser referendada pelo Tribunal", disse.

Sem o Ubiratan, a Série B Estadual será disputada por Aquidauanense, Ivinhema, Serc, Coxim, Maracaju e a AA Moreninhas, de Campo Grande. A primeira rodada acontece no dia 3 de novembro com Aquidauanense e Moreninhas no Estádio Noroeste e no Estádio André Borges jogam Coxim e Maracaju. A competição segue com todos se enfrentando em turno único até o dia 10 de dezembro. Os dois melhores colocados garantem o acesso após os cinco jogos.

Douradão

Segundo Jânio Amaro, diretor-presidente da Funed, o Douradão deve estar pronto para jogos apenas no ano que vem. "Vamos encaminhar pedidos de vistoria em dezembro, já pensando em 2019. Há disposição do MPE de liberar o estádio inteiro, mas agora queremos manter os 7.900 lugares já utilizados". Confirmado isso, Operário AC e Sete de Dourados podem disputar o Campeonato Estadual no local, o Sete, porém, deve mandar seus três primeiros jogos em estádios, pelo menos, 100 km de distância de Dourados, já que cumpre punição decorrente da confusão que envolveu torcedores na partida contra o Operário FC pela semifinal deste ano.