REVIRAVOLTA: laudo revela que jovem pode ter sido morta estrangulada; namorado foi levado para a delegacia - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, sábado, 15 de dezembro de 2018

REVIRAVOLTA: laudo revela que jovem pode ter sido morta estrangulada; namorado foi levado para a delegacia

Conforme a nova hipótese da Polícia Civil, Larissa teria sido assassinada

Publicado em: 04/12/2018 às 07h37

Correio da Manhã

Nesta segunda-feira (03), as investigações da Polícia Civil de Corumbá revelaram uma reviravolta no caso da morte de Larissa Helena Gomes de Souza, 23 anos.

Neste domingo (02), o boletim de ocorrência divulgado informava que Larissa havia se enforcado em sua residência. Aliado aos testemunhos de parentes que encontraram o corpo da jovem, suas últimas postagens em redes sociais indicavam um possível caso de suicídio.

Todavia, o laudo da perícia emitido nesta segunda-feira (03), após a autópsia, revelou detalhes do óbito que contradizem a primeira versão do caso, levando a polícia a entender que se trata de um crime de estrangulamento. Conforme a nova hipótese da Polícia Civil, Larissa teria sido assassinada.

Um suspeito foi detido na Delegacia da Polícia Civil de Corumbá, que de acordo com informações preliminares, trata-se de seu namorado mais recente, que teria confessado o crime. Ainda não há uma confirmação oficial da confissão pela Polícia.

Policiais estiveram, nesta segunda-feira (03), por volta das 17h00, no local do crime, bairro Borroski, para coletar mais informações e depoimentos.

O Correio da Manhã prossegue acompanhando o caso.

Embora a grande repercussão do caso inicialmente tratado como suicídio pelos boletins de ocorrência enviados para este jornal pelos órgãos respectivos, reafirmamos a importância de se falar sobre a temática do suicídio independente da confirmação deste, ou não, no caso presente.