Prefeito Donato saí correndo de sessão da “Nova Câmara” - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, quinta-feira, 25 de abril de 2019

Prefeito Donato saí correndo de sessão da “Nova Câmara”

Publicado em: 05/02/2019 às 09h24


Após humilhar os vereadores Nô e Adailton Lima em rádio local, e ainda sem que os parlamentares pudessem se defender, chegou a hora dos vereadores terem o direito de resposta sobre o prefeito Donato Lopes, que estava presente em sessão solene na Câmara de vereadores nesta última segunda-feira, (04/02).

O prefeito Donato durante seu discurso de prestação de contas do ano de 2018, disse sobre as relevantes ações que vem realizando no município, e uma dessas supostas grandes ações é uma instalação de câmera de ré que colocou nos ônibus da educação, que foram adquiridos pelo prefeito Foroni (2013/2016). Para quem é de fora do município essas grandes ações supostamente ditas pelo prefeito e que no olhar da população é uma coisa mínima que poderia ser feita em nossa cidade, pois o município é um dos que mais cresce e arrecada no estado.

E mais uma vez o prefeito Donato criticou o vereador Nô, dizendo que teve um atraso na devolução do dinheiro da Câmara para a prefeitura, o Vereador Nô disse que não teve atraso, basta acessar o portal da transparência que lá constará a data exata da devolução.

O Vereador Adailton Lima, um dos melhores parlamentares desta nova legislação em seu discurso, iniciou cumprimentando seus pares, público presente, presidente municipal do PSL (Partido do Bolsonaro), Elenilton Ribeiro,  e já foi respondendo as duras críticas que o prefeito fez em rádio local contra a sua pessoa, e que chegou o momento de falar frente a frente igual homem, já que o prefeito não teve essa atitude, e sim se esconder dentro de um estúdio trancado e ofender os vereadores Nô e Adailton, e em seu pouco mais de 30 segundos de discurso do vereador, o prefeito Donato sem pedir licença e foi logo interrompendo o discurso do parlamentar e falando que não iria ouvir e que estaria indo embora, ou seja, somente ele pode falar e não pode ser ouvido.


O início do discurso do Adailton foi que o prefeito estava com uma cidade fantasiosa em seu papel e na sua cabeça, pois a realidade de Rio Brilhante é outra, falta tudo, remédios, médicos, limpeza nas ruas, as escolas no ano de 2018 trabalharam com muito pouca estrutura. O Vereador Serginho Rigo também fez duras críticas ao prefeito fujão de sessão.


Na rede social, em uma página de um site que recebe dinheiro da prefeitura via agência de propaganda, a população foi contra a atitude do prefeito, mesmo a matéria tentando ser tendenciosa a favor do prefeito, que está com sua popularidade bem em baixa na cidade.




  • Objetivo32