Padrasto acusado de agredir e dar conhaque estuprou menina de 9 anos - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, domingo, 25 de agosto de 2019

Padrasto acusado de agredir e dar conhaque estuprou menina de 9 anos

Mãe não acreditava que marido havia estuprado a filha

Publicado em: 25/04/2019 às 11h46

Mídia Max

Depois de novos exames e segundo atendimento psicossocial feito a menina de 9 anos, que foi agredida e obrigada a tomar conhaque pelo padrasto de 45 anos, no dia 12 de abril, foi confirmado que ela era estuprada por ele.

O crime aconteceu no dia 12 de abril, no bairro Zé Pereira, em Campo Grande, quando a menina foi encontrada aos prantos na calçada de casa, com vários machucados no tórax. Em atendimento psicossocial na delegacia, a criança contou que apanhava muito do padrasto “quando não faz direito”. Neste primeiro atendimento como estava muito assustada não teria dito o que de fato acontecia.

Já em um segundo atendimento na última segunda-feira (22), ela teria dito a psicólogos que era estuprada pelo padrasto, que passava as mãos em seus órgãos genitais. Exames de sexologia foram requisitados para se saber se houve conjunção carnal.

A mãe da menina na época do registro do boletim de ocorrência disse não acreditar que o marido teria estuprado a filha. O homem teve a prisão preventiva decretada no dia 15 de abril. Ele já tinha passagens por estupro de vulnerável, em 2013.