Na indústria da infidelidade, o Brasil está em segundo lugar - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Na indústria da infidelidade, o Brasil está em segundo lugar

Só perdemos para os EUA

Publicado em: 19/08/2019 às 08h49


O Brasil ocupa posições baixas em quase todos os setores industriais. Só alcança duas grandes marcas: está em segundo lugar nas indústrias de cosméticos e, creia, da infidelidade.

Isso mesmo, somos um povo em que a traição dos casados gasta tanto dinheiro que, segundo a consultoria Ernst & Young, é uma variável importante para o PIB. Só perdemos para os EUA.

Adultério SA, neste instante ocorrem 4.500 traições.

Neste instante em que você lê estas linhas é possível que tua esposa ou marido esteja nos braços de outro. Há cada vez mais traições.

Os aplicativos tiraram a infidelidade da clandestinidade e permitiram que ter um amante esteja ao alcance de qualquer um. Ser infiel tornou-se mais fácil e rápido.

Ainda que o homem ganhe por goleada, cresce o número de mulheres que traem seus maridos. A infidelidade é hoje um grande negócio, uma enorme caixa registradora capaz de gerar tanto dinheiro como carícias e beijos furtivos.

Segundo a Ashley e Madison, a maior rede mundial de infiéis, neste momento, há pelo menos 4.500 brasileiros e brasileiras traindo seus consortes (ou será 'sem sorte'?).