MS garante título geral feminino no circuito nacional de vôlei de praia sub-21 - Rio Brilhante News - Notícias de Rio Brilhante MS e Região

22º min
32º max

  • Coberturas31


Rio Brilhante - MS, quarta-feira, 23 de outubro de 2019

MS garante título geral feminino no circuito nacional de vôlei de praia sub-21

Carol e Aninha (MS) ficaram com a medalha de bronze na última etapa e colocou Estado com 760 pontos

Publicado em: 08/10/2019 às 10h14

Gazeta MS

Mato Grosso do Sul é campeão nacional no circuito de vôlei de praia sub-21 feminino. Neste domingo, Carol e Aninha (MS) ficaram a medalha de bronze na última etapa disputada em Manaus (AM), na arena montada na praia da Ponta Negra, e precisavam apenas somar pontos para confirmar a conquista. os vencedores da etapa foram Rafael/Renato (PB) e Vitoria/Maria Clara (RJ).

No naipe feminino, ouro para Vitoria/Maria Clara (RJ), que superaram na final Anna/Fernanda (BA) por 2 sets a 0 (21/17, 21/10), em 35 minutos. O bronze na etapa ficou com Carol e Aninha (MS), vencendo Aline/Lorena (AM) por 2 sets a 0 (22/20, 21/16), em 56 minutos. O resultado deu o título geral para a dupla do Mato Grosso do Sul, que terminou as quatro etapas com 760 pontos. O Rio de Janeiro ficou em segundo, somando 680 pontos.

Na decisão do torneio masculino, Rafael e Renato (PB), campeões mundiais Sub-21 neste ano, superara Matheus/André Danilo (SE) por 2 sets a 1 (21/10, 18/21, 15/12), em 55 minutos. Além do ouro da etapa manauara, a vitória valeu o título geral da temporada, já que os dois estados estavam empatados com 520 pontos no ranking geral.

A primeira colocação rende 200 pontos (20 a mais do que a prata) e comemoração dupla aos gêmeos paraibanos. A campanha de Rafael e Renato em Manaus (AM) contou com cinco vitórias em cinco jogos e apenas um set perdido.

A medalha de bronze em Manaus (AM) ficou com Eduardo e Gabriel (PR), que venceram Johann/Lippi (RJ) por 2 sets a 0 (21/15, 21/15), em 40 minutos, completando o pódio. O Paraná terminou na terceira colocação do ranking geral, com 660 pontos.

Assim como ocorre no Circuito Brasileiro de vôlei de praia Sub-17 e Sub-19, o Sub-21 é um campeonato de seleções estaduais, com duplas representando a mesma federação. Cada estado indica suas delegações nos dois gêneros em busca do título, podendo alterar os times durante a temporada, mas sempre formando duplas do mesmo estado.

Neste ano, no Circuito Brasileiro Sub-19, o Paraná ficou com título no naipe masculino, e Sergipe no naipe feminino. No Circuito Brasileiro Sub-17, novamente título para o Paraná no masculino, com o Rio de Janeiro vencendo no feminino.

A competição de base do vôlei de praia brasileiro revelou diversos atletas que foram campeões e posteriormente se tornariam olímpicos como Bruno Schmidt (DF), Pedro Solberg (RJ), Bárbara Seixas (RJ), Juliana (CE) e Maria Elisa (RJ).